SERVIDORES PÚBLICOS PARTICIPAM DE CAPACITAÇÃO OFERTADO PELO GOVERNO MUNICIPAL DE URUOCA

Publicada em 04/05/2018 às 08:22:22 por Secretaria de Gestão Pública

O Governo Municipal de Uruoca, através do Prefeito Municipal Francisco Kilsem Pessoa Aquino, dando continuidade à política de valorização dos servidores municipais, retomou a oferta de treinamentos e cursos de qualificação profissional. Nesta quinta-feira, 03, no auditório do Centro de Feiras e Eventos, aconteceu o curso de “Ética na Administração Pública”, destinado aos servidores públicos municipais. O evento contou com a presença dos funcionários municipais de todas as Secretarias e foi ministrado pelo facilitador Pe. Emídio Moura Gomes.

O Programa de aperfeiçoamento profissional tem como objetivo, capacitar todos os servidores a fim de que eles possam desenvolver melhor suas funções e ofertar serviços de qualidade à população e com a qualidade do atendimento ao público apresenta-se como um desafio institucional que tem como meta aprimorar e uniformizar o serviço oferecido à população.

Os servidores municipais receberam com alegria e entusiasmo essa oportunidade de qualificação profissional. A preocupação com a melhoria constante dos serviços ofertados à população de Uruoca, demonstra o compromisso e o respeito do Prefeito municipal Francisco Kilsem com cada um dos munícipes uruoquenses.

O Curso:

Na ocasião, foram debatidos assuntos sobre Ética na Administração Pública, para que, o município tenha um Serviço Público de qualidade. Onde, são abordados os códigos de ética tanto o federal, quanto os municipais, que formam um conjunto de normas que dizem respeito a conduta dos servidores dentro de seu serviço, além de penalidades a serem aplicadas pelo não cumprimento dessas normas. Ambos possuem uma Comissão de Ética responsável por julgar os casos referentes à ética no serviço público.

Eles informam os princípios e deveres dos servidores públicos como decoro, zelo, dignidade, eficácia e honra, além de outras qualidades do servidor, suas obrigações que visam o bem-estar da população, bem como as proibições e punições derivadas do serviço irregular de suas funções, que relembram os princípios fundamentais da administração pública.